MITOLOGIA ECLESIÁSTICA: “Jesus é irresistível quando bem apresentado”

INTRO

Por que este tema? (Esclarecendo algumas questões)

MITOLOGIA – “Na linguagem comum, mito é usado para designar histórias que não são sustentadas por fatos conhecidos. Mitos podem ser contrastados com lendas, contos de fadas e etc.” – Irving Hexham (Dicionário de religiões e crenças modernas).

ECLESIÁSTICA – é uma das variantes do termo grego Ekklesia (Igreja), que significa no termo simples e geral assembleia, congresso, congregação, reunião de um povo. Posto estes termos, Mitologia Eclesiástica é toda e qualquer ideologia filosófica que traga consigo uma mensagem entre o Corpo de Cristo, que não provém do Corpo, ou seja, O Cabeça, nem convém ao mesmo, porém está entre, buscando seu espaço na doutrina eclesiológica. Mesmo que ainda seja belo esteticamente, não passam de vis imaginações provenientes de um coração enganoso que não tem base bíblica. Por isso, tem que ser fortemente rejeitada.

Vamos ao texto!

Expondo a falsa doutrina

“Jesus é irresistível quando bem apresentado” – Victor Azevedo (09/09/2017, durante a H7 Conference, com o tema “Para que o mundo ouça a sua voz”, no Hangar 7 Church)

Contextualizando, para não fique só nas minhas palavras:

Jesus tem segredos para os seus amigos mais chegados. Para que o mundo ouça a sua voz, Ele precisa de amigos. Jesus é irresistível quando Ele é bem apresentado. E, só podem O apresentar bem quem o conhece bem.”

Sendo um bereano, analisando o texto:

Que Jesus está condicionado ao “mover” do homem. Ele precisa de amigos para que o IDE venha ser realizado. Que Ele só é irresistível quando a sua limitada e imperfeita criatura desenvolve bem a sua mensagem.

Que frase de efeito. Lida uma vez por um novo convertido, talvez possa até animá-lo. Contudo, ao longo prazo não gerará nenhum fruto, pois não foi a semente do Evangelho semeada. Confesso que já até confirmei com a cabeça em sinal de  positivo para uma irmã que falou isso, no tempo que congregava em uma igreja neopentecostal. Confirmei só para não adentrar muito sobre o assunto. Mas me arrependo. Jesus é irresistível, por que Ele é !

Lembra do que Deus falou para Moisés antes dele ir falar com faraó?

“Respondeu Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.” – Êxodo 3.14

Moisés, como homem limitado, ainda que tenha tido uma boa formação intelectual e acadêmica no Egito, não era suficiente para representar bem a mensagem de Deus. Pois, ainda que você saiba matemática, química e física, isso não te faz um bom teólogo. Sem mencionar seu problema com a fala e outras questões contextuais, como enfrentar o povo que um dia foi seu (Os egípcios) e afins. Porém, para Deus não é um problema! Deus usou de forma poderosa e operosa o seu servo. Onde todos daquela terra souberam quem era O Deus de Moisés e com certeza não foi por causa do próprio Moisés.

Diante disso, medite…

1. Então disse o Senhor a Moisés: Eis que te tenho posto como Deus a Faraó, e Arão, teu irmão, será o teu profeta.

2. Tu falarás tudo o que eu te mandar; e Arão, teu irmão, falará a Faraó, que deixe ir os filhos de Israel da sua terra.

3. Eu, porém, endurecerei o coração de Faraó e multiplicarei na terra do Egito os meus sinais e as minhas maravilhas.

4. Mas Faraó não vos ouvirá; e eu porei minha mão sobre o Egito, e tirarei os meus exércitos, o meu povo, os filhos de Israel, da terra do Egito, com grandes juízos.

5. E os egípcios saberão que eu sou o Senhor, quando estender a minha mão sobre o Egito, e tirar os filhos de Israel do meio deles.

Êxodo. 7.1-5

Lembrando aquela música de Os Arrais: “O que Cristo oferece Ele é.” Ele que determina a forma que o anunciamos, não somos nós! De forma alguma!!!

Jesus é IRRESISTÍVEL. Está ótimo, se a frase terminasse nesta afirmativa que fiz, já não seria necessário este texto, contudo continuemos. O se representa uma ideia de condição, uma circunstância, ou seja, só será Irresistível, se por MIM ele for bem apresentado. Com isso o “Se” torna perigosa esta frase. Pois, Cristo fica condicionado a forma como eu o apresento. Então, depende de mim Jesus ser irresistível?

14. Com quem tomou ele conselho, para que lhe desse entendimento, e quem lhe mostrou a vereda do juízo? quem lhe ensinou conhecimento, e lhe mostrou o caminho de entendimento?

15. Eis que as nações são consideradas por ele como a gota dum balde, e como o pó miúdo das balanças; eis que ele levanta as ilhas como a uma coisa pequeníssima.

16. Nem todo o Líbano basta para o fogo, nem os seus animais bastam para um holocausto.

17. Todas as nações são como nada perante ele; são por ele reputadas menos do que nada, e como coisa vã.

Isaías. 40.14-17

A Bíblia nos chama a um culto racional (Rm 12.1). Usando o raciocínio que nos foi dado como uma dádiva a servir e amar ao Senhor com consciência e entendimento, concordar com esta frase ou não se opor a mesma nos revela um caminho contrário daquilo que Ele nos chamou a trilhar.

Todavia, se formos de encontro com esta afirmativa,  Jesus não é irresistível. Isso porque se Ele não for bem apresentado, pessoas não se converterão. Pois alguém não buscou de forma “adequada” e “suficiente”, já que é circunstancial. Quanta miséria de ensino! Mas, se formos persistir nesta afirmativa apresentada, cabe ao homem tal atributo de irresistibilidade como centro determinante da propagação do Evangelho irresistível e também salvatório, já que a salvação só virá quando “for bem apresentado.”

Entretanto, o homem tem condições para isso? Por mais que animais irracionais declarem a Glória de Deus, assim como os astros do universo e cada átomo presente se curve diante da Soberania do Criador, nós que somos honrados de anunciar as boas novas. Estas boas notícias não fomos nós que geramos por nós mesmos, mas a recebemos. Independente da forma: quer seja mais erudita, acadêmica, simples, não interessa, pois o padrão do que é o Evangelho já foi proporcionado. Lembra da relação de Paulo e Pedro? Paulo foi mais erudito que Pedro. Pedro diz em uma de suas cartas que algumas  coisas que Paulo diz são complicadas para ele (consequente para mim também), mas ambos anunciam a Cristo, na forma que Ele diz que é. O homem é imperfeito, porém, pode proclamar as Boas Novas do Reino. Mas se fulano não for, miserável e tolo é! Outro virá, o ciclano pregará, e Cristo o autor e consumador da nossa fé (Hb 12.2), será glorificado.

Jesus é irresistível, pois Ele é o único perfeito! Mesmo aos nossos olhos limitados e a nossa imensa e extensa ignorância, há sabedoria do Senhor. Independente das almas se converterem ou não! Pois se eu prego de fato o Evangelho e não vejo de imediato, qualquer resposta externa do ouvinte digo que Jesus não foi bem apresentando. E, se Ele não foi bem apresentando, não foi irresistível. Irmãos, isso é heresia. Não cabe a nós determinarmos como e nem quando as pessoas responderam ao Evangelho. De uma coisa eu sei: DEUS é quem acrescenta os que vão sendo salvos (Atos  2.47). E, nenhuma palavra anunciada vinda do Alto é vã. Antes, realizará todo o propósito que lhe foi determinada (Isaías 55).

Adendo

Para que não tenhais dúvidas…

Todo este texto apresentado com ênfase na perfeição, soberania, domínio de Cristo, a Sua própria mensagem não elimina ao pregador a responsabilidade, apenas o coloca no seu devido lugar. Não nego o estudo, a labuta intelectual, o desafio de ler o texto que foi escrito em outras línguas diferentes entre si. Não nego quaisquer boas matérias de estudos teológicos. Não nego a leitura repetitiva e intensa da mesma passagem por horas. Na verdade, quanto mais nos dedicamos ao texto de forma profunda, piedosa e racional, mais percebemos a nossa limitada natureza. E, isso nos encoraja ao plano mais extenso e amplo do nosso sublime Senhor. Assim, se eu ouço o evangelho como ovelha ou a prego como pastor, É Cristo o início, meio e fim da mensagem.

“porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.” – Filipenses 2.13

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s