QUAL É A NOSSA TRADIÇÃO?

Todos os anos quando a páscoa se aproxima nos preocupamos com os presentes desse período que envolvem quase sempre chocolate. É delicioso assistir propagandas, ver cartazes, cada um exibindo imagens belíssimas dos mais variados tipos daquele famoso doce feito de cacau. O formato mais cobiçado é o oval, fazendo referência ao “ovo do coelho”. Todos sabem que coelhos não põem ovos, mas ninguém se importa com essa “pequena” mentira. É TRADIÇÃO! Todos os anos são assim. Os coelhos põem ovos de chocolate e as lojas os embalam para presente. Entretanto, qual é a NOSSA tradição?

A palavra “tradição” pode ser definida como ato ou efeito de transmitir. Através da tradição transmite-se valores, verdades, crenças, conhecimento. Assim é em todas as sociedades. A tradição sempre está presente, seja por uma questão religiosa, cultural. É a repetição que visa o estabelecimento de uma verdade. A importância da tradição está na mensagem que ela revela.

Então, pode-se responder a pergunta inicial de duas maneiras distintas: a primeira já foi expressa acima. E, a segunda, é expressa no nome da ocasião, PÁSCOA. Esse termo, que vem do hebraico “Pessach”, significa “passagem”, “passar por cima” ou “passar sobre”. A festa, considerando o sentido original, intencionava celebrar a libertação do povo de Israel das mãos egípcias. Moisés, o libertador, foi o usado por Deus para liderar o povo nesse momento ímpar da história hebraica. Após, com a vinda de Cristo, a páscoa recebeu um complemento de compreensão. Agora, além da libertação do povo de Israel por meio de Moisés, passou a ser também a libertação de “todo aquele que nele[Jesus] crê” por meio do sacrifício na cruz. Os dois momentos representam a ação soberana de Deus, a condição anterior de escravidão e a condição posterior de liberdade. Ou seja, vivemos sustentando duas tradições.

Porém, como “ninguém pode servir a dois senhores“, nos resta escolher apenas um sentido para a Páscoa. Não escrevi esse texto com a pretensão de evitar o seu consumo de chocolate e nem impedir que você presenteie seus amados irmãos com esse alimento suculento. Apenas quero trazer à memória o que precisa ser lembrado. Tradição de verdade não é o chocolate oval, mas o Cristo que morreu e foi ressuscitado. ESSA É A VERDADEIRA TRADIÇÃO. Não troque isso por nada.

O coelho deve dar lugar ao cordeiro. O chocolate deve ser substituído pelo sangue. O ovo deve ser menosprezado diante da Salvação. Essa é a nossa tradição.

1 comentário Adicione o seu

  1. Ronaldo disse:

    Muito bom texto ,e uma bo reflexão. Acredito que muitos não sabem o verdadeiro significado da Páscoa.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s