DO QUE VOCÊ TEM MEDO?

Medo é:

– “Estado afetivo suscitado pela consciência do perigo ou que, ao contrário, suscita essa consciência.”

– “Temor, ansiedade irracional ou fundamentada; receio.”

Muitas foram às vezes em que sentimos medo. Seja ao presenciar uma barata voando em nossa direção ou quando nos deparamos com uma situação que colocou algo ou alguém em risco. O medo nos lembra das limitações e fraquezas.

Se, segundo o apóstolo Paulo escrevendo aos romanos, nós somos mais do que vencedores, do que temos medo?

O MEDO REVELA A FRAQUEZA

E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar.
Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim.
E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.
Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.

2 Coríntios 12:7-10

Nesse texto de Paulo aos coríntios, o apóstolo nos mostra que ele tinha algo que o envergonhava. Ele clama a Deus e roga para que essa fraqueza se afastasse dele. Mas, segundo o relato bíblico, Deus o responde dizendo: “a minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Ou seja, Deus diz que não o livrará do “espinho na carne”, pois a graça era suficiente, e que era importante que ele fosse fraco, o que aperfeiçoaria o poder de Deus.

Finalizando o trecho bíblico destacado, o apóstolo, compreendido da vontade divina conclui: “Porque quando estou fraco então sou forte.”

Algo de bom que o medo nos traz é a noção de exiguidade, ou seja, entendermos que somos pequeno, insuficientes, insignificantes.

Uma vez definida, através do medo, a nossa fragilidade, enxergamos o quão necessitamos de Deus nós somos. E Deus é grande.

Grande é o Senhor, e muito digno de louvor, e a sua grandeza inescrutável.

Salmos 145:3

Quando nos sentimos fracos, medrosos, temos a oportunidade de perceber a dependência que temos do Pai.

NÃO TEMEREI MAL ALGUM

Entretanto, além de, em momentos de medo, percebemos a fraqueza, e com a fraqueza percebemos a necessidade que temos de Deus e do seu poder, a pergunta central que estamos refletindo é: DO QUE VOCÊ TEM MEDO?

Nossa vida é repleta de riscos. Devido o aumento da iniquidade o amor, a paciência, a temperança estão em processo de extinção. Com isso, estamos sujeitos a perigos constantes. Temos medo de desafios, do desconhecido, de doenças, de guerras, de perdas, da morte. Muitos vivem aprisionados nesses e em outros medos, sofrendo com síndromes, inseguranças.

Porém o que aprendemos com a palavra de Deus é: NÃO TENHA MEDO.

O salmista Davi, homem que enfrentou vários perigos em sua vida, de animais selvagens a um rei louco, quando escreveu o salmo de número 23 trouxe a nós uma verdade divina e uma palavra de esperança: NÃO TEMAM!

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

Salmos 23:4

Os perigos, a maldade, os riscos, tudo isso está ao nosso redor. Mas, precisamos crer em nosso Senhor Deus e confiar que a vontade dele é perfeita.

Devemos nos agarrar a esperança da vida eterna e entender que o nosso galardão está no céu.

CONCLUSÃO

Deus é maior!

Talvez hoje você tenha medo de sair na rua, medo de mudar algo na sua vida. Medo de escuro, medo de gente. Medo de estar só e medo de sofrer. Medo de se relacionar, medo de se entregar. Medo de amar e medo de ser amado. Medo de não parecer ser o que você quer ser. Mas entenda, Deus é maior! Ele segura em nossas mãos e fortalece o nosso caminhar. É ele quem traz luz para os dias sombrios e paz para os momentos de guerra. Deus é chamado de pai pelo fato de nos amar considerando-nos seus filhos. “E qual dentre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem? (Mateus 7:9-11).

Ele nos ama!

Esforçai-vos, e animai-vos; não temais, nem vos espanteis diante deles; porque o Senhor teu Deus é o que vai contigo; não te deixará nem te desamparará.

Deuteronômio 31:6

Que a paz do nosso Senhor Jesus Cristo esteja com você! Amém!

2 comentários Adicione o seu

  1. Ronaldo disse:

    medo do medo, ou de nao ter medo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s