Deus faz a planta crescer

No dia 06 de janeiro deste ano (2018), eu e minha esposa embarcamos em um novo projeto: agricultura. Desde então tenho modestamente investido tempo nessa atividade e aprendido grandes coisas com Deus, pois um dos maiores professores de teologia se chama vida.

SEMEAR

Após preparar a terra com adubo e o local onde faríamos nossa horta, nos dirigimos a uma casa de ração e adquirimos algumas sementes, como as de pepino.

Cavamos pequenos buracos segundo a recomendação da embalagem e concluímos a primeira etapa dessa atividade.

Foi basicamente isto, cavar e jogar as sementes, mas foi algo importante, pois se isso não tivesse acontecido, as sementes não surgiriam simplesmente ali naquele exato lugar.

REGAR

Depois de semeado eu tive que incluir mais uma atividade em minha rotina: regar as plantas. Na casa da minha mãe sempre teve plantas e logicamente sempre tive contato com elas, mas eu nunca semeei nada ou tive a responsabilidade de regar. Simplesmente me deparava com elas já crescidas.

Nessa GRANDE responsabilidade segui eu dia após dia até que em 10 de janeiro surgiram as primeiras folhas e eu fiquei admirado. O que antes era só terra. agora já se tornava real, perceptível, graças ao cuidado diário com o ato de irrigar.

CRESCER

A etapa seguinte foi o crescimento, e assim tem sido ao passar dos dias. A foto ao lado foi tirada no dia 16 de janeiro e já é possível perceber uma evolução se comparada a foto anterior. Simples sementes começaram a tomar forma e a crescer continuamente.

Especialistas dizem que é possível realizar a colheita de 50 a 60 dias após a semeadura, ou seja, é provável que a partir do dia 25 de fevereiro de 2018 comecemos a consumir os nossos próprios pepinos.

Mas não escrevi esta postagem para falar de um novo projeto ou de como agricultura é legal. Quero compartilhar contigo que Deus existe e é poderoso.

Esses dias, enquanto cuidava da horta, vendo o crescimento dessas plantas me lembrei do trecho bíblico de 1ªCoríntios 3.6 e 7:

Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento.
Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento.

Não era exatamente nesse contexto que Paulo estava falando, mas a ação de Deus que o apóstolo quis destacar também é extraordinária na interpretação literal desses verbos.

Eu comprei a semente, eu cavei o buraco, eu semeei, reguei, mas a etapa mais fascinante nesse processo foi a de Deus: fazer crescer.

Como falei no início dessa postagem, a vida nos ensina muito sobre Deus. Olhar para uma planta crescendo é olhar para o poder de Deus agindo na natureza. Simples sementes se transformam em pequenas plantas com caules e folhas e depois, dependendo da planta, frutos são formados e alimento é gerado.

Quando estiver desanimado, entristecido com Deus, desesperançoso, olhe para como as plantas crescem, como os pássaros voam e se alimentam, olhe para como as flores se vestem. Observe o cuidado que ele tem com os seres. Não será diferente com você. Deus cuida de ti por amor. O sobrenatural está nas mãos dEle. Cabe a você, muitas vezes, semear e regar, mas o crescer é de Deus.

Clame a Ele por crescimento, maturidade.

Que “a graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém.’ – 2ªCoríntios 13:14

Um comentário sobre “Deus faz a planta crescer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s