NÃO SOMOS DAQUI!

“Portanto, alegrem-se com isso, ainda que agora, por algum tempo, vocês precisem suportar muitas provações. Elas mostrarão que sua fé é autêntica. Como o fogo prova e purifica o ouro, assim sua fé está sendo experimentada, e ela é muito mais preciosa que o simples ouro. Isso resultará em louvor, glória e honra no dia em que Jesus Cristo for revelado.” I Pedro 1.6 e 7.

As provações não são ilógicas, sem propósitos, muito menos em vão. Essa afirmativa está baseada diretamente na seguinte questão: O QUE É FÉ?

Vejamos o que o escritor de Hebreus tem a nos falar a fim de compreendermos melhor o texto acima.

“ORA, a é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veem.” (Hebreus 11.1)

Esquematizando esse texto, temos:

FÉ = FIRME FUNDAMENTO (CERTEZA ABSOLUTA) + ESPERAM (ESPERANÇA) & PROVA (CONVICÇÃO DE FATOS) + NÃO SE VEEM

Então, fé que se vê, não é fé! Ter fé quando tudo vai bem, não é ter fé! Ter fé quando tenho tudo que quero, na hora e na situação desejada, não é ter fé! Fé que não se espera, não é fé! Mas, fé é EXATAMENTE o contrário dessas exposições. Ela independe do que eu sinto, anseio, desejo, faço, ou VEJO! A fé não pode alterar a imagem que temos de Deus. Ele continua sendo o Senhor! Sua Soberania permanece guiando e conduzindo minha vida, sua vida, o universo, e cada átomo existente.

O político, filósofo, teólogo reformado, e holandês Abraham Kuyper, disse certa vez:

“Não há um único centímetro quadrado, em todos os domínios de nossa existência, sobre os quais Cristo, que é soberano sobre tudo, não clame: ‘É meu! ’”.

Mas, palavras por si só não bastam. A fé precisar ser praticada, testada, provada, para que…

“[…], como o fogo prova e purifica o ouro, assim sua fé está sendo experimentada, […].”.

O ouro só terá valor se houver fogo. Sem o fogo, o ouro não revelará o melhor em si. Será impossível usá-lo sem o agir do intenso calor que somente o fogo pode proporcionar. Assim, o verso seguinte acrescenta:

“[…] no dia em que Jesus Cristo for revelado.”.

Se não somos capazes de crer que Deus age nos assuntos desta nossa vida tão limitada, como creremos no Grande Dia do Senhor no qual “o Filho do homem” virá “sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória”? – (Mateus 24.30)

Se você está em casa, no conforto de seu lar, reflita. Se estiver trabalhando, promovendo algum projeto, reflita também! Entenda na prática a realidade, que somos limitados, necessitados, falhos, e pequenos. Olhe ao seu redor.

E, lembre-se o que o início do verso tem a nos dizer:

“Portanto, alegrem-se com isso, […].”.

Sim! Olhe para Ele e se alegre, pois a Glória está por vir.

3 comentários Adicione o seu

  1. João Carlos disse:

    João Carlos
    Muito bom ….

    Curtir

  2. Como sempre meu amigo Raul Pessoa, tenho orgulho como já falei várias vezes de sua capacidade em amar o conhecimento em o Cristo . E mais suas mensagens conseguem passar om clareza e exatidão a verdade de Jesus . Parabéns estou feliz por você nesta fase que se inicia , fazer o que mais gosta falar do amor de Jesus .
    Ps. Lembrei das nossas aulas o quanto você segurava os professores até o último minuto para extrair o máximo dele kkkkkkkk. Mas foi bom olha os degraus que já está subindo . Parabéns 👏👏👏🏼👏👏👏👏👏👏

    Curtir

    1. Raul Pessoa disse:

      Obrigado irmã querida pelo carinho e atenção. Glória a Deus !!!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s